Depois do contouring e do strobing, a vez agora é do baking. O nome significa cozimento em inglês, e já virou o queridinho das famosas! Não sabe do que estamos falando? Descubra agora!

Usado há um bom tempo pelas drag queens, a técnica ficou mais conhecida entre as mulheres depois que o maquiador Mario Dedivanovic começou a maquiar Kim Kardashian usando o método.

A diferença entre os contornos faciais anteriores é que este usa muito mais quantidade de produto, assim a cobertura não fica tão leve e natural como no caso do strobing, por exemplo. E justamente por usar muita base a pele fica mais suscetível a craquelar. Daí a dica de aplicar água termal antes de começar o make. Ah, e hidratar bem a pele, especialmente se ela já for mais seca ou madura, pois elas podem ficar com as linhas de expressão mais evidentes. O baking é indicado para ser feito em eventos especiais e noturnos, por ser um make mais carregado.

 

Mãos à obra

Basicamente, é preciso aplicar base ou corretivo dois tons mais claros que a sua pele, seguidos pelo pó translúcido e iluminador líquido nos pontos que devem ficar em evidência: abaixo das sobrancelhas e olhos, nas maçãs do rosto e no queixo. Deixe o produto “cozinhando” na pele até aderir bem. Depois finalize a maquiagem como de costume.

 

produtos

1 – Pó Compacto Vult

2 – Primer Iluminador Vult

3 – Pó Iluminador Facial Dailus PRO

4 – Corretivo Soft Dailus Color

5 – Base Superstay Maquiagem 24horas Maybelline

 

Gostou da novidade? Escreva pra nós!