Ela é a responsável pela maquiagem do programa Esquadrão da Moda, maquiadora oficial da Maybelline e proprietária do salão-escola Liceu de Maquiagem. Nossa equipe conversou com a queridíssima Vanessa Rozan e conseguiu dicas preciosas da expert, referência quando o assunto é beleza e maquiagem!

Usar produtos de maquiagem mais tecnológicos e técnicas atuais a seu favor para criar uma beleza natural e sofisticada foi um dos assuntos que a top maquiadora elegeu para a conversa exclusiva com o blog Sumirê. Veja como foi o nosso bate-papo.

 

Fazer contorno no rosto está super na moda. O que você acha disso?

Tem casos e casos. Eu gosto de fazer quando estou produzindo para tv ou foto, porque dá para conseguir efeito de profundidade, altura e largura, que são as 3 dimensões importantes. E na tela só temos altura e largura, a profundidade é o contorno quem dá. Então eu gosto sim, mas acho que tem que ser feito com moderação, em doses homeopáticas. Tive uma aluna que chegou decidida a fazer um curso de automaquigem porque ela deixou os contornos tão marcados que o namorado disse para ela: “você está suja de achocolatado”. Então às vezes funciona muito bem para fotos, mas na vida real pode ficar demais. Eu sempre prefiro iluminar a pele, porque quando você ilumina automaticamente as outras regiões estarão mais escuras. Gosto de iluminar a região ao lado das sobrancelhas, criando um “C” entre as têmporas e laterais da testa, no arco do cupido (esse “V” no centro do lábio superior), no ossinho do nariz e um suave contorno na lateral do rosto. Não gosto de mexer muito na região frontal do rosto porque se você erra um pouquinho já fica super evidente.

 

O iluminador é seu produtinho curinga, mas qual é a versão que você mais gosta?

Eu gosto das texturas em creme, que difundem melhor com a pele. Para quem não tem muita habilidade com os produtos também é uma super dica lançar mão deles. Apesar que várias marcas estão lançando os iluminadores em pó que tem partículas bem fininhas e ficam bem homogêneos na pele. Estes também podem ser usados, mas daí sugiro ir “sujando” a pontinha do pincel de pó e depositando o produto aos poucos. Tudo com muita sutileza porque a ideia é que as pessoas olhem e vejam uma pele linda e iluminada, mas sem “dar na cara” que teve uma produção ali. É o famoso efeito “nasci linda assim”.

 

Quais são suas dicas de ouro para deixar a pele bem preparada?

Na pele você tem que usar o que precisa. Se está precisando de muita cobertura porque tem espinhas, cicatriz ou olheiras, por exemplo, daí vale uma base e corretivo nos locais pontuais. Caso contrário, pode recorrer a um BB Cream que ele dá conta do recado sem fazer feio. Claro que toda mulher acha que a pele dela é horrível e que a olheira dela é a mais profunda e escura, mas não acho legal seguir uma regrinha do tipo: tem que usar base e corretivo. Muitas vezes o corretivo é dispensável. Eu acho que é importante ter naturalidade e deixar algum resquício desses sinais. Não que a olheira não deva ser corrigida, mas se tiver muita cobertura ali o efeito pode ser o contrário. E também corre o risco de ficar parecendo que não é uma pessoa real e sim uma boneca de porcelana. Mas somos reais, temos noites mal dormidas, poluição e tudo mais. Quanto menos parecer que foi feita uma super produção com make, melhor!

 

Estamos vendo uma leva de produtos em bastão. Você gosta deles?

Eu amo! Eles facilitam a vida! Não escorrem na bolsa, dá para carregar pra cima e pra baixo e têm um resultado ótimo. Para quem gosta de fazer contorno e brincar com luz e sombra é ótimo porque ele tem uma base cremosa, mas fica no meio termo.

 

E de tendência o que tem chamado a sua atenção?

Eu amei a última edição dos desfiles de Nova York, especialmente o desfile que tinha muitos cílios aparecendo! As modelos desfilaram com muitas camadas de cílios tanto nos superiores quanto inferiores, achei lindo! E também gostei das sombras marrons, mas tudo muito orgânico, nada marcado. Achei que valorizou as características da mulher.

 

Gostou das dicas da Vanessa? Deixe aqui o seu comentário!