Estar com as unhas bem-feitas e esmaltadas é sinônimo de cuidado, beleza e faz muitas mulheres se sentirem ainda mais bonitas. Sem contar que o esmalte ganhou status de acessório de moda e ajuda a compor o look. Mas será que na hora de fazer as unhas, ou mesmo em hábitos corriqueiros do dia a dia, você não está colocando a beleza e até sua saúde em risco? É o que vamos mostrar no post de hoje, dá só uma olhada:

 

Não limpar corretamente os acessórios

No salão, certifique-se de que a higiene e os cuidados com espátulas, alicates e afins é levado a sério. Se ainda assim você é daquelas que prefere levar seus próprios itens de manicure, vale caprichar na limpeza deles. E você pode fazer isso em casa mesmo: lave com detergente neutro e enxágue com água corrente, em seguida deixe os objetos mergulhados no álcool 70 por meia hora. O ideal é que os itens sejam colocados num recipiente fechado para evitar proliferação de bactérias. Feito essa esterilização caseira, seque bem os produtos e embale-os com um saco plástico limpo e fechado ou numa toalhinha limpa.

 

Retirar as cutículas em excesso

Remover toda cutícula a cada vez que fizer a manicure é o mesmo que deixar esta região com as portas sempre abertas para contaminação de fungos e bactérias. O ideal seria não tirar nadinha! Saiba mais sobre o assunto e veja como abandonar o alicate para manter suas unhas saudáveis, aqui: Como fazer as unhas sem retirar a cutícula.

 

Esmalte 24 horas por dia, todos os dias

Seja sincera: o único momento em que você retira o esmalte das unhas é quando vai aplicar outra cor? Se a resposta foi “sim”, então é melhor rever esse hábito. O motivo é simples: assim como a pele e o cabelo, as unhas precisam de um tempo e tratamento dedicado ao cuidado delas. Por isso, a dica é ficar, pelo menos, 1 dia na semana sem esmalte, investindo em óleos específicos para a região e hidratantes. Dessa forma as chances de ter as garras sempre saudáveis aumentam e muito.

 

Achar que é besteira respeitar a data de validade

Com tantas cores de esmaltes à nossa disposição é muito comum comprarmos vários vidrinhos de uma só vez, ou ir às perfumarias toda semana para inovar o estoque. O problema é que dessa forma as chances de acumular esmaltes aumenta, assim como o risco de guardar vidros vencidos.

Por mais que sua amiga, vizinha ou aquela blogueira favorita diga que não tem problema nenhum usar o esmalte nesta condição, fique sabendo que todo produto vencido pode causar sérias alergias, pois, quando os conservantes do produto perdem a validade, as chances de contaminação só crescem. Daí o barato pode sair muito caro. Mesmo se não passar da data, caso repare alguma alteração na cor, odor ou consistência (virar líquido ou endurecer), jogue fora imediatamente. Isso vale para todos os produtinhos que você guarda no nécessaire, ok? Fique atenta!

 

Arrancar o esmalte com as unhas

Levanta a mão quem, diante de uma lasquinha no esmalte, puxou toda a tinta, arrancando-a com as unhas de uma só vez. Realmente é tentador fazer isso, mas especialistas afirmam que esse hábito leva embora não apenas a tinta, como também a queratina, uma proteína responsável por deixar as unhas saudáveis e fortes.

 

Dispensar o uso da base antes do esmalte

Quem, na pressa, nunca descartou passar a base antes da cor escolhida? Saiba que uma das funções da base é justamente a de criar uma barreira de proteção contra os fortes pigmentos, especialmente dos esmaltes mais escuros, que se depositam na camada superficial da unha, podendo mancha-las. Sabendo disso, não custa nada perder 1 minutinho aplicando a base não é mesmo?!

 

Agora que você já sabe dos hábitos que podem prejudicar as suas unhas, capriche nos cuidados e tenha garras lindas! Se gostou desse post compartilhe também com as amigas!